Quinta, 24 de Setembro de 2020 11:27
(37) 98812-8974
Minas Gerais Campo Belo/MG

Bebê de apenas três meses morre vítima de coronavírus em Campo Belo/MG

O óbito ainda não será contabilizado pela prefeitura como coronavírus por serem aguardados os outros exames para confirmar a doença

29/08/2020 14h53
Por: Cidade Notícia Fonte: O Tempo
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Uma bebê de apenas três meses morreu com suspeita do novo coronavírus em Campo Belo, no Sul de Minas Gerais. O óbito foi registrado nesta sexta-feira (28), um dia após a menina dar entrada no hospital. "Não consta comorbidades junto a criança. Este é o primeiro óbito infantil por Covid-19 em Campo Belo", escreveu a prefeitura da cidade.

De acordo com o executivo, a criança chegou na Santa Casa de Campo Belo na quinta-feira (27) e já foi realizado o teste rápido para a doença que deu positivo.  Como ela precisava de uma Unidade de Tratamento Intensiva (UTI) Neonatal e a cidade não tinha, ela foi transferida para Divinópolis na noite desta quinta, porém na madrugada desta sexta ela não resistiu e morreu. Ela viajou por cerca de 2h de ambulância.

De acordo com a coordenadora de epidemiologia do município, Persília Alvarenga, foi realizado o teste do swab para análise do tipo RT-PCR que é o mais indicado em casos assintomáticos na criança e somente após esse resultado a morte será contabilizada ou não pela doença.

"É muito difícil o teste rápido estar errado, mas nós não podemos ser negligentes e temos que esperar todas as investigações serem concluídas para falarmos que ela morreu pela doença.O protocolo do Ministério da Saúde é esse, só confirmar a morte após todas as investigações finalizarem. Esperamos que o resultado do outro teste já chegue na próxima semana", explicou. 

Os familiares da criança não apresentavam nenhum sintoma do novo coronavírus, no entanto, por causa da morte eles foram testados para a doença nesta sexta-feira (28) e o resultado ainda não saiu. 

Se a morte for mesmo confirmado para o novo coronavírus o município vai chegar 13 óbitos e já tem 545 casos confirmados.  "Nós precisamos de apoio da população para combater a doença. Estamos trabalhando dia e noite, mas, muitas vezes a população não colabora e não faz o isolamento correto, o que aumenta a disseminação", conclui Persília. 

Por meio de nota, a Secretaria de Estado de Saúde informou que foi informada sobre o óbito suspeito e que "a investigação epidemiológica sobre este caso está sendo realizada. A SES/MG, em conjunto com a Secretaria Municipal de Saúde do município tem adotando as medidas de prevenção e controle, a fim de impedir a propagação do vírus". 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias