Segunda, 13 de Julho de 2020 08:31
(37) 98812-8974
Polícia São Paulo

Menina de 4 anos relata ‘dor nas partes íntimas’ após sair para brincar e mãe descobre estupro

A criança passou cerca de 10 minutos brincando na casa vizinha e, ao voltar, queixou-se de dores nas partes íntimas.

20/06/2020 20h03
Por: Expresso Notícia Fonte: G1/BHAZ
A menina foi brincar com a neta do suspeito, na casa dele
A menina foi brincar com a neta do suspeito, na casa dele

Uma menina de 4 anos foi violentada sexualmente e o suspeito, um vizinho de 54 anos, foi preso na cidade de Registro, no interior de São Paulo. De acordo com a Polícia Civil, a vítima estava brincando com a neta do homem, na casa dele, quando sofreu o abuso. As informações são do G1.

De acordo com o delegado que conduziu o caso, Daniel Vaz Rocha, a criança passou cerca de 10 minutos brincando na casa vizinha e, ao voltar, queixou-se de dores nas partes íntimas. “A mãe foi verificar o que estava acontecendo e, quando olhou, tinha um machucado e uma substância aparentando ser sêmen”, explicou o delegado.

A mãe da vítima foi até a delegacia e denunciou o crime, registrando um boletim de ocorrência. Ainda segundo o G1, o delegado solicitou perícia e os policiais, imediatamente, passaram a procurar o suspeito e se movimentaram para encontrar provas do crime.

A menina de 4 anos passou por um exame e o laudo saiu como positivo para manipulação genital. A polícia conseguiu localizar o possível autor do crime, que foi reconhecido pela mãe da criança. Segundo o delegado, a própria vítima apontou que teria sido o suspeito, ao dizer o apelido dele.

A investigação aponta que o crime ocorreu na casa do suspeito e, por isso, foi solicitado um mandado de busca e apreensão para a residência, com a intenção de preservar possíveis provas. Ainda segundo o G1, os policiais recolheram objetos de uso pessoal do investigado para a colheita do material genético dele.

Policiais da Delegacia de Defesa da Mulher da cidade, com apoio da Patrulha da Família Segura da Polícia Militar, deram cumprimento aos mandados de busca e apreensão e prisão temporária. Após esses trâmites, o autor foi encaminhado ao Sistema Penitenciário de Eldorado.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias