Segunda, 25 de Maio de 2020 14:39
(37) 98812-8974
Minas Gerais Triângulo Mineiro

Passageiro de 74 anos estupra motorista de app durante corrida no Triângulo Mineiro

O passageiro, um homem de 74 anos, foi preso pela Polícia Militar por estupro consumado.

21/05/2020 15h49
Por: Expresso Notícia Fonte: Portal de Minas
Foto: Ilustrativa/Internet
Foto: Ilustrativa/Internet

Uma motorista de aplicativo, de 40 anos, foi estuprada enquanto trabalhava, durante uma corrida, na madrugada da última sexta-feira (15) em Uberlândia, no Triângulo Mineiro. O passageiro, um homem de 74 anos, foi preso pela Polícia Militar por estupro consumado.

A mulher recebeu um chamado, através do aplicativo, no bairro Canaã, onde embarcou o passageiro com destino ao bairro Nossa Senhora Aparecida. Segundo a motorista relatou posteriormente aos militares, o homem estava bastante embriagado quando entrou no veículo.

Em um determinado momento do trajeto, o homem passou a mão nas partes íntimas da motorista e até tentou beijar o pescoço dela. Em meio a ameaças, o idoso começou a ordenar que a vítima se deslocasse para um motel, insinuando que pagaria pelo sexo. O homem chegou a passar cédulas de dinheiro no rosto da motorista.

Apavorada, a mulher repreendeu o passageiro e tentou pegar o celular para pedir ajuda. Neste momento, o homem, bastante agressivo, deu um tapa na mão dela, o que fez com que o aparelho fosse arremessado no chão.

Na sequência, disse que estava armado com um punhal e, se ela não fosse para um motel com ele, “iria costurá-la com punhaladas”, conforme os militares relataram. A mulher conseguiu chegar ao destino do homem, que se recusou a pagar pela corrida.

Assim que o idoso saiu do carro, a mulher acionou a polícia. Aos militares, o passageiro admitiu ter assediado sexualmente a motorista, ao passar a mão nas pernas dela, mas que não teve “nada mais”. Ele foi levado à delegacia por estupro consumado.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias