BRASIL

Casal é preso por estuprar crianças que estavam em fila para adoção

O crime aconteceu na cidade de Cocalinho, no interior do Mato Grosso.

01/11/2019 20h12
Por: Expresso Notícia
Fonte: Estado de Minas
Foto: Reprodução/PixaBay
Foto: Reprodução/PixaBay

Nesta quinta-feira, um casal foi preso acusado de estuprar duas irmãs, uma delas era uma criança de 9 anos. O homem, de 42 anos, e a mulher, de 24, foram detidos na cidade de Cocalinho, no interior do Mato Grosso. 

De acordo com a Polícia Judiciária Civil, as investigações começaram no dia 14 de janeiro deste ano, quando uma assistente social procurou a polícia com uma das vítimas, para denunciar o caso.

Segundo a denúncia, as duas moravam no Lar da Criança de Água Boa, que fica a 740 quilômetros de Cuiabá. O casal buscava as meninas nos fins de semana para “cuidarem” da família. Ao chegar na residência dos dois, as duas crianças eram brutalmente abusadas. A mulher amordaçava e amarrava as meninas para que o homem as estuprasse. 

Após a denúncia, os dois fugiram por meses sem ao menos tentarem se defender na polícia. Diante da fuga, a Justiça expediu ordens de prisão para os dois, que chegaram a passar meses em Goiás para dificultar o trabalho da polícia. 

O delegado Valmon Pereira da Silva, responsável pelo caso, afirmou que a prisão só pode ser feita porque o casal voltou para o estado. “Logo que eles resolveram voltar para Mato Grosso, foi quando finalmente conseguimos efetuar a prisão deles em uma fazenda no município de Novo São Joaquim”, disse.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.